11 de fev de 2010

Deixarás de existir!

Tens medo de amar

Não se permite viver


Não se encoraja a sonhar


Não satisfaz seus desejos


Deixa-se dominar pelo medo de errar.


Não se permite querer?


Passarás pela vida sem grandes emoções


Perdendo-se em restrições e regras.


Quem será mesmo que as criou?


Deixarás de existir!






Wanderlúcia Welerson Sott Meyer

Publicado no Recanto das Letras em 11/02/2010

Código do texto: T2081074