23 de fev de 2012

Serenidade no amor


 

Quando partires lembre-se de deixar saudade... Olhe para trás e permita que os olhos se encontrem que as almas se abracem, o que era sublime, não se perca pela ação do tempo. Quando partires, segura espiritualmente a minha mão e segue na certeza de que um dia estarás próximo. È compromisso de alma o retorno. De forma branda, suave e desinteressada, apenas se buscam. Intensidade de energias que se integram, serenidade de momentos que jamais serão os mesmo, mas, serão melhores. Quando partires, levarás consigo partes minhas, tão etéreas que passarão a fazer parte de ti. As lembranças... Estas ficarão perpetuadas como suave brisa que refresca o rosto ao amanhecer. Serás sombra sustentando os dias, serei serenidade aguardando o teu retorno.
Wanderlúcia Welerson Sott Meyer
Enviado por Wanderlúcia Welerson Sott Meyer em 23/02/2012
Código do texto: T3514832

20 de fev de 2012

Desejo


 


Espero que creias
Que a vida reflita tua crença
Transfigurando a paisagem
Antes, aparentemente, inerte
Amortecendo-lhe as dores
Mantendo-lhe de olhos abertos
Coração receptível
Espero, senão um caminho de flores,
Cenários que traduzam paz
Recordações que exprimam verdades
Saudade sem idade
Espero que mantenhas os pés nas nuvens
Sem admitir que a ação dos ventos
Provoquem turbulências graves
Ocasionando-lhe impactos inesperados
 Se por ventura sentires o espírito sacudir
Que reforces a vontade
Na fé que inspira
No amor que flui
Na esperança infindável
Nos abraços de quem se faz afável.

Wanderlúcia Welerson Sott Meyer

17 de fev de 2012

Saudade sem lamento


Saudades sem lamento


Tocou a alma com suavidade
Imprimindo na pele
Digitais imperceptíveis
Depois partiu
Presença perene
Odores e sentidos definidos
Intensidade inesquecível
Ausência...
Anos passaram céleres
Ciclos de vida
Construção de  histórias
Páginas que carecem ser reescritas
Lembranças tão próximas
Diversa à distância
Permeada pela inconstância
Rostos...
Definidos pela ação do tempo
Olhares distantes
Anseios errantes
Sensações adversas
Sentimentos às avessas
Tatuados na pele
Impressões digitais
Marcas determinantes
Não se perdem jamais.

Wanderlúcia Welerson Sott Meyer

10 de fev de 2012

Pássaro Livre



Receba o que já lhe pertencia por direito. Contudo, guarde sem esconder, o sentimento que lhe for oferecido. A retenção pode ocasionar perda de valor. Ofusca-se o brilho que antes encantava. Se preciso for, conceda-lhe liberdade, esperando confiante pelo retorno seguro e inevitável. Adquira a sensibilidade necessária para o equilíbrio, não permitindo que o excesso ou a escassez fomentem o desejo de partir. 

Wanderlúcia Welerson Sott Meyer

1 de fev de 2012

Diversidade


Pessoas e situações heterogêneas
Lugares e pensamentos inimagináveis
De um mundo diverso
Controverso, incerto
Avesso à compreensão do Universo.
Quem pensa conhecer,
Pouco compreende
Quase nada entende
Quem busca apreciar
Apreende que está na diferença
A arte de criar.
Enviado por Wanderlúcia Welerson Sott Meyer em 01/02/2012
Código do texto: T3474048