21 de set de 2011

Renovação

Refazendo-me das tempestades
Recomponho-me para que a vida flua
Siga seu curso...
Seja o que for, encontro-me mais forte
Não poderia me considerar refeita
Por vezes, os revezes ainda incomodam
Como pedras justapostas
Ainda não solidificadas.
Peças impostas pela vida...
O fato é que jamais serei a mesma
Sem lamentos,
Recolho as perdas
Algumas impensadas, insensatas
Mosaico restituído
Formas indefinidas
Jamais serei a mesma!
Assim demanda a evolução
Nas dores que dilaceram
Na morosidade do tempo
Impondo ao Ser paciência,
Espera...
       Não percebo ainda aonde florescer
                                                         Há o que de incerto prevalece
Dúvidas que entorpecem
No entanto, não paralisam.
Mesmo que no caos
 Haja a tormenta
 A luz acalma
,Serenidade acalenta.
Sabe-se da vida...
Superficial significado
Alados transcendem os sonhos
Nada é inerte!
Inescritas estão as direções...






Wanderlúcia Welerson Sott Meyer em 21/09/2011




Código do texto: T3232011