24 de fev de 2011

Convulsões

Erguem-se todas às possibilidades em um turbilhão de ideias e caminhos ainda permeados por dúvidas fundamentadas na dor. Não importa quanto tempo leve, reerguerá todos os alicerces abalados pela força das circunstâncias. Pouco se sabe e tudo se sente. Sementes foram plantadas, floresceram em solo fértil, no entanto a distração dos passos amassou as flores, devastou o jardim. É preciso vencer o ostracismo, o medo... Percebendo sinais luminosos, onde os outros só veem a escuridão, maneira insana de buscar possibilidades. Válvula de sobrevivência que alimenta e conserva o desejo de viver!
Wanderlúcia Welerson Sott Meyer
Publicado no Recanto das Letras em 24/02/2011
Código do texto: T2811584