25 de ago de 2011

Entrega



Senhor, De tanto rogar que me auxilies, não percebi que nunca me deixastes. Estava à mercê de lamentos e não me dei conta de Tua presença.Percebo agora que agistes silenciosamente.Nos abraços que recebia,Nas oportunidades de trabalho no bem,Nas lágrimas que vi nos olhos do irmão que sofriaE que tanto me ensinaram sobre o viver.Operastes nos momentos em que me entregava à preceRogando-te coragem para enfrentar a lida.Inspirando-me nas decisões que assumia.Oferecendo-me a energia necessária para combater a inércia.Erguendo-me quando me sentia desamparada.Foram nos momentos mais obscuros que Tua LuzAclarava todas as possibilidades e caminhos.Quando me encontrava exaurida,Importunada pelos dores físicasIncomodada pelo vagar do tempoTu me pedias paciência, ensinava-me a resignaçãoAcalentava-me com energias renovadorasNunca permitistes que a estagnação e o desesperoFossem os senhores de minha trajetória.Reconheci na dor o crescimento, a maturidadeAprendi que a doação é a certeza da fé que renovaMesmo nos erros que cometi, ali estavasCoração renovado,Entrego ao mundo à pérola que produzistesEm nome do Amor que me ofertastesDesde o princípio de minha existência.Aqui estou Mestre a ofertar-lhe a Vida!Trabalhadora humilde de Tua SearaSigo confiante pelos novos caminhos direcionados por Ti.Certa de que nas tempestades estarás ao meu ladoSeguirei Teus desígnios,Empreendendo a vontade de evoluir em Tua direção.Wanderlúcia Welerson Sott Meyer em 25/08/2011

Código do texto: T3180986