27 de jul de 2013

Tola distância

Tola distância que parece estabelecer o impossível
Não imaginas a força de um desejo
Não podes compreender o inevitável
Quando o amor prevalece.
Fatos e certezas pouco acrescentam
Vale a vontade de quem ama
Mesmo que a paciência seja um exercício
Mesmo que o tempo silencie anseios
Há de se viver o que fatalmente está escrito
Como polos que se atraem
Assim será o caminho
Pedras, dores , desalinhos
Profundo sentimento de estar sem ser
Tudo temporário e transitório
Certeiro será o reencontro
Possibilidade de entrega
Uno, conecto e preciso
Amor de porto-seguro
Amar de amor!