5 de jan de 2013

Escombros


Ferragens retorcidas, paredes caídas, azulejos que refletem o passado, poeira seca, ruínas de história que pedem renovação. Destroços de momentos que constituíram verdades momentâneas, desejos inconfessos, distorcidas visões de vida que conduziram inimagináveis caminhos. Entulhos envolvidos em lembranças que não se apagam, registros de passado vivo.