11 de mai de 2010

Sonhos

Bem longe,
Perto das nuvens
Encontram-se todos os sonhos...
Uns, são leves,
Outros, distantes e densos.
Todos são sonhos...
Alguns obtidos,
Passam a fazer parte da realidade.
Outros aguardam pela boa vontade...
Alguns adormecem,
Outros sobrecarregam as nuvens
Transformam-se em lágrimas.
A chuva ocasionada pelos sonhos
Diferencia-se...
Dor sentida.
Dor inexplicável.
Incômodo que entristece os dias.
Depois que passa...
Sempre passará...
Eis que abrolham novos sonhos!
Caminho inevitável e infinito...
Tradução de esperança
Interminável e ilimitada...

Wanderlúcia Welerson Sott Meyer
Publicado no Recanto das Letras em 11/05/2010
Código do texto: T2249900