18 de jun de 2013

Vazio significativo

Que vazio é esse que as pessoas dizem sentir? Vazio de vida, de toque, de olhar. Simplicidade e cumplicidade que se perde no atropelo dos dias. Guardamos sonhos que nos sobrecarregam, os anos passam e eles não deixam de existir. Sobrepeso que se conduz sem perceber. Incomodam, desassossegam a alma e, sutilmente nos sugerem mudanças. Inquietude saudável desperta por olores passados e anseios de futuro. Existências que necessitam de vivências menos estruturadas e mais perceptivas. Zelo que se deve ter com a oportunidade diária de recomeço. Necessidade básica de perceber que vivemos momentos insubstituíveis, únicos. Ninguém está completamente vazio, é preciso ter coragem para revirar os compartimentos da alma e selecionar o que nos é essencial.

Wanderlúcia Welerson Sott Meyer