17 de jun de 2013

Educar

Sempre ouvi dizer que educar é uma arte. Como tudo que envolve arte, educar é um processo que exige tolerância, paciência e persistência. Requer aprimoramento diário, arestas que são aparadas carinhosamente e, por vezes, com insistência e certa dose de autoridade que demanda exemplo. Alertas que fazemos a nós mesmos e aos que nos são confiados. Algo que já aprendi, é que nossas atitudes devem ser coerentes e que nossas palavras só têm peso quando exemplificadas. Educar é saber ser firme quando necessário e acolher quando se percebe a fragilidade da alma. Percepção que só acontece se estivermos atentos e disponíveis para o exercício do amor.

Wanderlúcia Welerson Sott Meyer