3 de out de 2012

Entrega-te a Deus

Quando nada, entregue-se aos murmúrios do vento. Perceba os sinais que a vida lhe oferece. São mínimos, sutis... Contudo, a todo o momento recebemos dádivas de luz que nos fornecem opções de recomeço. Quem se presta à observação, sente que há algo mais em tudo o que nos acontece. Aprenda a ser grato, interiorize pensamentos edificantes e, se algumas situações desconfortáveis aparecerem, faça uma prece. Deus não se afasta, não abandona... Nós é que nos fechamos e nos distanciamos do caminho.