12 de dez de 2013

Escolhas

Escolho caminhos de terra, paisagens de flores, ruídos que não sei distinguir e que estimulam a imaginação aparentemente estática...
Escolho o cheiro do verde, florestas cerradas, mistérios insondáveis, surpresas inesquecíveis...
Escolho olhos fixos, abertos e diáfanos; diálogos menos formais e mais sinceros; transparência de ideias, diversidade de opiniões e incertezas...
Escolho questionar o óbvio, transgredir o presente, caminhar mesmo que lentamente e vivenciar na simplicidade o inesquecível.

Escolho viver!

Wanderlúcia Welerson Sott Meyer