3 de set de 2013

Caminhos

Quando nosso coração segue acalentado pelos sonhos de vida plena, dores e perdas tornam-se aprendizados. Mesmo que, temporariamente, não muito distantes acontecimentos que nos serviram de reflexão, que provocaram dores e que estabeleceram distâncias... Acomodam-se em reminiscências, em saudade. Fato é sentir! Recordar com serenidade de pessoas e momentos que passam a ser eternos pela intensidade das emoções que despertam... Sorrisos e lágrimas que provocaram. Acomodando com tranquilidade esses sentimentos que nos integram, abrimos os olhos para as possibilidades oferecidas pela vida! De semente que necessita de forças para romper a terra, de frágeis galhos que passam por intempéries, de tronco que se traduz em sombra e aconchego a quem precisa, de frutos que alimentam... Um ciclo que nos conduz a eternidade. Basta observar, sentir, administrar e deixar-se levar! Fatos que carecem de tempo para se organizarem, outros que necessitam de discernimento e vontade.

Wanderlucia Welerson Sott Meyer