1 de mai de 2013

Vida


Tortos pensamentos que passam como vento, sopram idéias desconexas e complexas e, seguem inconstantes e ligeiros na esperança de absorverem mais lembranças. Tudo tão solto, abstrato e perdido... Busca-se dúvidas entre convictas certezas, entrega-se a sentimentos que deveriam ter sido. Portas que se fecham, acessos que se abrem... adapta-se!  Tão logo chega a noite, misturam-se intuições e realidades, Espera-se seguir no ritmo das ondas, carregando consigo o ir e vir da vida... quase nunca estável e constante... Errante!