30 de out de 2010

Oswaldo Montenegro - Metade


Para um grande amor... 
Entender por que amo, sinto e afirmo que amo, é como querer decifrar o hebraico ou definir Deus. Não há explicação, definição ou lógica. Minha alma simplesmente escolheu e reconheceu a sua. Sentimento de pertencer eternamente. Que adormecido, o esperava para florescer. Já não me sinto inteira, parte de mim encontra-se onde estás.

Wanderlúcia Welerson Sott Meyer
Publicado no Recanto das Letras em 09/06/2009 Código do texto: T1640840