8 de out de 2016

Contornos

Deus... almejo tanta coisa e, no entanto, sinto-me abastada.
Desses quereres... embaraço desejos, possibilidades e necessidades
Urgência de momentos de tranquilidade
Instância em viver somente a realidade
Investindo sentimentos que podem deixar saudade
De longe...  diviso o que me alimenta
A simplicidade que certamente me sustenta
Por vezes, em prantos rogo-lhe descanso
Portanto e, no entanto, admitindo o desencanto
Retomo a trajetória de percalços e histórias
Embora pouco saiba deste tal futuro
Ensaio pensamentos de um destino seguro
De traços do recente, ofereço contornos ao presente.
Abastada e silente, confiro aos dias o que me vem a mente
Entre o cansaço e a esperança teço, repleta de lembranças
Insertos  e tortos caminhos de vida
Das palavras não ditas, imprime-se a poesia
Gritos silenciosos, momentos de alegria
Expressa-se na letras o que a alma não apreende

Traçados inquietos de um subconsciente.

Wanderlúcia Welerson Sott Meyer