4 de jul de 2016

REFLEXÃO INTERNA

Inverno...
O frio desperta lembranças...
Há muito parece não sentir
Nem as palavras que antes fluíam
Nem os anseios que incomodavam...
Nada...
Estranho quando o silêncio
Insiste em permanecer como alternativa
Sensação de sufoco interno
Expressão sem vida
Elaboração morosa de destino incerto
Aspirações quase ínfimas
Esperam o passar das horas
Dias a fio de uma mesma história
Aspirações paralisadas
Aguardam estímulos externos
Equívoco que se comete
Quando não se percebe
O que impulsiona, dirige e estimula...

É a força interna que adormece em ti.

Wanderlúcia Welerson Sott Meyer