8 de mai de 2016

Ser mãe

Algumas pessoas não entendem o motivo de tanta dedicação e, quem me conheceu antes, destinada á profissão e aos estudos, talvez se surpreenda ao perceber-me tão mãe. Foi assim desde que minha alma pediu à deles, sabia que iria me entregar. Conscientemente escolhi ser mãe e, na verdade sempre soube o quanto isso significava. Afastaria por um tempo alguns sonhos e os envolveria de atenção, amor e carinho. Foi assim... Os coloquei a frente dos meus interesses individuais e assumi, sem temer, a maternidade. Os três cresceram e crescem. Hoje são três adolescentes... Conduzia-os ainda bebês aos ensinamentos do Cristo e percebia que apenas despertava-lhes o que já conheciam. Preparei com carinho cada refeição, as mochilas para a creche, os materiais escolares que sempre estavam completos, os lápis apontados (eram muitos...), os uniformes limpos, os aniversários em que ia para cozinha e preparava tudo, com a ajuda de meu marido, que ficava responsável pela ornamentação. Quase não precisaram ir ao médico... Permiti que brincassem com a terra, subissem em árvores, vivessem... Como educadora e mãe, corrigi quando necessário... E, na maioria das vezes, os fazia sorrir com comportamentos engraçados e infantis (criança que nunca permiti que se perdesse dentro de mim). Os acompanhei e acompanho em suas dúvidas e circunstâncias, confiam em mim... Os ensinei que sou mãe e amiga, mas sempre deixei claro que para ser mãe... Orientar, cuidar, educar e amar verdadeiramente, algumas vezes é preciso dizer não.
Cada elogio que as pessoas fazem (e são muitos), me oferece a certeza de que, como ser humano, posso ter errado inúmeras vezes com a intenção de acertar, mas empreendi... exerci com persistência a tarefa de educar.
Maiores que eu em tamanho, sabedoria e bondade, ainda pulam no meu colo, me abraçam e beijam o tempo que estão por perto e dizem que me amam em número e intensidade. Sei que um dia seguirão caminhos diversos, é saudável que assim seja... No entanto, também sei que os laços de amor que estabelecemos, nos permitirão à proximidade mesmo que em caminhos diferentes.
Agradeço ao Senhor da Vida todos os dias por essa experiência de amor indescritível...
Que Jesus abençoe e proteja todas as mães e, em especial, a minha mãe que ensinou o verdadeiro significado do Amor!

Wanderlúcia Welerson Sott Meyer