18 de out de 2014

Palavras escritas

Pouco desejo entender sobre as asperezas da lida.
De que vale ver, se tantos outros encantos despertam esperança e vida!
Não discutirei retóricas ou escutarei argumentos que pouco acrescentam.
Frases superficiais, ideias inconsistentes, poucos argumentos.
Todos os sentidos que poucos apreendem,
Aguardam ansiosos pelo entendimento.
Ao observar a harmônica natureza
Penso em cada Ser, encanta-me à beleza.
Ontem, a experiência...
Agora, a eloquência escrita de mágicas palavras traduzidas em afeto.
Amanhã...
Aprenderei a observar os sinais da vida!
Ansiedade reduzida pela compreensão da inexistência do acaso.
Se a vida nos foi oferecida gratuitamente
Opto por semear abundantes sementes
Aguardando a ação generosa do tempo
Registro minha história sem nenhum lamento