20 de abr de 2009

Sobras de amor


De tudo... 
Fica a lembrança, o desejo incontido. 
A vontade de não ter vivido. 
A dor de querer esquecer em vão. 
De tudo...
Fica o caminho que não cabe retorno. 
O medo, o aprendizado, a coragem. 
Desencontros e desconsolo
De tudo... 
Fica a esperança, um pouco de descrença.
 Fragmentos de verdades. De tudo... 
Fica o vazio, inerte e sombrio. 
De tudo fica saudade. 




Wanderlúcia Welerson Sott Meyer 
Publicado no Recanto das Letras em 03/04/2009 
Código do texto: T1521105